\n\n

Blog

Aprenda tudo sobre estufas e agronegócio.

No último ano, o mercado de floricultura foi muito afetado pela pandemia de Covid-19. Sem eventos como casamentos, formaturas, festas de aniversário, entre outros, o setor sofreu perdas milionárias, com queda de até 50%. Entretanto, a situação está mudando.

Com a retomada das atividades e dos eventos, a expectativa é de crescimento de 5% nesse ano em comparação a 2019, último ano antes da pandemia, de acordo com a Ibraflor (Instituto Brasileiro de Floricultura). Na ocasião, a produção foi superior a R$8 bilhões. Dados assim animam os produtores.

Portanto, essa é uma excelente oportunidade de iniciar o cultivo de flores. Pode ser para as mais diversas finalidades. Desde motivos próprios, como decoração da casa ou hobby, ou até mesmo para exposições e comercializações.

Minimize riscos na produção

O mercado foi duramente afetado em 2020, assim não é hora de arriscar na hora do cultivo. Pelo contrário. A ideia é sempre minimizar riscos para que as flores possam ter a máxima performance durante a produtividade e o desenvolvimento.

Iniciar o cultivo em ambiente protegido se torna essencial a fim de conseguir bons resultados, independente de qual seja a finalidade. As estufas consistem em locais mais seguros, onde os produtores detêm maior controle. Minimizar riscos é essencial.

Ter um cultivo protegido ajuda no controle de intempéries provocadas pelo clima. Elas podem ser extremamente danosas para o crescimento das flores. Altas ou baixas temperaturas; excesso ou falta de chuva; granizo; geada. Todas são condições que podem reduzir drasticamente a produtividade e também levar a perdas econômicas.

Além disso, estufas permitem o controle da luz e umidade. São outros dois fatores preponderantes para o desenvolvimento das flores. A iluminação auxilia no processo de fotossíntese, vital no momento do crescimento. Já a umidade pode favorecer o aparecimento de pragas que vão afetar o cultivo, por isso precisa ser controlada.

Alto número de opções para vendas

Mesmo que o cultivo de flores seja considerado algo simples, é fundamental ter cuidado e ser delicado no momento, pois as plantas são extremamente sensíveis. Desse modo, a modalidade precisa ser muito bem estruturada a fim de alcançar bons resultados.

Hoje, há um aquecimento do setor e a possibilidade de comercializar para diferentes segmentos. Desde pessoas que querem decorar a casa, uma tendência cada vez mais frequente em decorrência da pandemia, até floriculturas, jardins, comércios, casas de show, organizadores de casamentos, entre outros eventos.

A demanda desses setores com certeza deve acirrar a procura por flores. Então, o seu cultivo em ambiente protegido vai minimizar riscos de perda na produtividade, bem como te dar a chance de criar flores que não sofram com as condições climáticas, se tornando mais fortes, bonitas e que chamem a atenção.

Lembre-se que uma boa produtividade rende maior lucratividade. Afinal, você investe em estufas e nos insumos necessários para o desenvolvimento das flores, e tem o retorno na hora de comercializar, sem tantas perdas ou danos.

As estufas Plantfort podem ajudar. O próprio nome do negócio vem de “plantar com segurança”. Cultivar em um ambiente protegido significa minimizar riscos e aumentar a segurança, ainda mais em um setor que sofreu tanto no último ano. Fale com a gente e vamos iniciar seu cultivo para entrar no mercado da floricultura.