\n\n

Blog

Aprenda tudo sobre estufas e agronegócio.

Nem precisa falar que o Brasil passa por um momento difícil em relação a chuvas. Basta respirar para perceber como o ar está seco. Ao mesmo tempo, olhar para o termômetro e ver temperaturas altas e um calor muito grande.

Isso interfere diretamente em diversos aspectos da vida cotidiano. Com a agricultura não é diferente. A plantação pode ser duramente afetada pela falta de água, pois é um elemento fundamental para o desenvolvimento das mudas.

Sem chuvas, é muito difícil que o crescimento aconteça de modo natural. Portanto, as estufas são uma alternativa para quem busca manter a produtividade da cultura mesmo em período como esse, em que o país amarga a pior seca em 91 anos.

Desse modo, separamos cinco vantagens de ter o cultivo em ambiente protegido como maneiras de driblar as altas temperaturas e a falta de chuvas. Então, siga a leitura desse texto para saber quais são os meios para conseguir uma boa plantação.

5 vantagens das estufas para superar a pior seca em 91 anos no Brasil

1 – Economia de Água: em um período de seca, em que as chuvas estão em falta e, consequentemente, também afeta o nível dos reservatórios, a economia de água se mostra um fator fundamental para que não haja desperdício.

Quando você usa o cultivo em estufas, a economia de água pode chegar a 50% se comparado a um ambiente aberto. Isso acontece porque todo controle da operação está em suas mãos, seja por meio do trabalho braçal ou por um serviço automatizado.

2 – Proteção do sol: com as temperaturas nas alturas, o sol também está muito forte, principalmente entre 10h e 16h. Por mais que a luz seja necessária para que aconteça o desenvolvimento correto da planta, em abundância pode ser prejudicial.

Portanto, o ambiente protegido vai desempenhar exatamente essa função. Dependendo do tipo de estufa, a luz solar até entrará, mas não com a incidência de modo prejudicial. Ao mesmo tempo, o desenvolvimento estará garantido.

3 – Umidade e temperatura: esses são dois fatores de fundamental importância para que sua cultura cresça de maneira saudável e tenha produtividade. Deve encontrar um equilíbrio entre a umidade do ar com a temperatura.

Atualmente, o tempo está muito seco, constantemente ligando o alerta para a baixa umidade. É fundamental balancear, pois umidade em abundância também favorece o aparecimento de pragas, por exemplo. Em estufas, esse controle se dá de forma mais simples e fácil, acarretando em facilidades ao produtor.

4 – Tecnologias a favor: ao adotar o cultivo protegido, existe a possibilidade de instalar outras tecnologias para auxiliar no processo de irrigação. Desse modo, há diferentes recursos cujo objetivo é reduzir o consumo de água.

Assim, ajuda também na economia. Essas tecnologias são mais difíceis de serem usadas em campo aberto, porém despontam como importante aliadas contra a seca e as temperaturas altas com a falta de chuva. O importante é saber a maneira correta de usá-las para o desenvolvimento da planta.

5 –  Proteção contra pragas: seu cultivo pode sofrer com pragas que se aproveitam da fragilidade causada pelas altas temperaturas e a falta de água. A produtividade vai ser duramente afetada e as plantas não vão conseguir se desenvolver.

Entretanto, quando a cultura aparece em estufas, é muito mais fácil de notar o aparecimento de seres indesejados. Quanto mais cedo o descobrimento ocorrer, mais chances de conseguir controlar e assim evitar maiores prejuízos.

Inicie seu cultivo agora mesmo

Não se intimide com as altas temperaturas, o tempo seco e a falta de chuvas. O cultivo em ambiente protegido deve começar agora mesmo caso queira. A Plantfort apresenta estruturas diferenciadas para que você possa lidar da melhor forma possível com esses problemas. Solicite um orçamento e vamos dar o primeiro passo em seu cultivo.